ONG feminista há 20 anos na defesa dos direitos das mulheres

Themis recebe visita de gerente de programas do Fundo Elas

Sava Brito, gerente de programas do Fundo Elas, em conversa com as PLPs da Lomba do Pinheiro.

Savana Brito, gerente de programas do Fundo Elas visitando em roda de conversa com as Promotoras Legais Populares da Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre.

Na segunda-feira (15/10/18), a Gerente de Programas do Fundo ELAS, Savana Brito, realizou uma visita aos Serviços de Informação à Mulher (SIM) dos bairros Restinga e Lomba do Pinheiro em Porto Alegre. A visita teve como objetivo  conhecer o espaço e a equipe técnica da Themis, bem como as Promotoras Legais Populares (PLPs).

No bairro Restinga, Savana participou de uma roda de conversa sobre enfrentamento ao feminicídio negro que, segundo o Mapa da Violência de 2015, aumentou em 54% ao longo de dez anos.

Ela também esteve presente na roda de conversa com usuárias do aplicativo PLP 2.0, um instrumento que serve para auxiliar mulheres em situação de violência doméstica, familiar ou sexual. No Rio Grande do Sul, a THEMIS tem um termo de cooperação com o Tribunal de Justiça do Estado e a Secretaria Estadual de Segurança Pública. Assim,  quando o dispositivo é disparado, ele aciona a Brigada Militar e as Promotoras Legais Populares da Região garantindo a segurança da mulher.

Savana Brito, gerente de programas do Fundo Elas conversando com as Promotoras Legais Populares da do bairro Restinga, em Porto Alegre.

Já no bairro Lomba do Pinheiro, Savana conversou com as PLPs do 17º curso realizado em 2018 que contou com o financiamento do Fundo Fale Sem Medo, uma parceria entre o Instituto Avon e o ELAS Fundo de Investimento Social. Nesse encontro, as PLPs compartilharam relatos sobre a importância que do curso em suas vidas.

Savana Brito também se reuniu com representantes da Themis e da Delegacia Especializada  de Atendimento à Mulher de Porto Alegre (DEAM). A delegada, Tatiane Barreira Bastos, explicou como funciona sua atuação na delegacia e destacou que grande parte das mulheres negras vítimas de feminicídio não tinham registrado boletim de ocorrência.  

O Elas Fundo de Investimento Social é o único fundo brasileiro de investimento social voltado exclusivamente para a promoção do protagonismo das mulheres.

 


Veja outras notícias

.