ONG feminista há 20 anos na defesa dos direitos das mulheres

THEMIS assina acordo de colaboração técnica com a Casa da Cultura Hip Hop de Esteio

A THEMIS – Gênero, Justiça e Direitos Humanos assinou no início de junho um acordo de colaboração técnica com a Associação da Cultura Hip Hop de Esteio. Segundo o documento, as duas instituições se comprometem em realizar atividades de capacitação conjuntas, organizar eventos, construir projetos em parceria e elaborar pesquisas. “De início o nome da THEMIS já dialoga muito com nosso ideal, a Associação trabalha com as culturas de rua, educação e as juventudes, na perspectiva dos direitos humanos, esta parceria reforça ainda mais nosso compromisso de garantias de direitos. Tenho certeza que com a experiência de mais de duas décadas que a THEMIS acumula conseguiremos realizar muitos projeto em conjunto, principalmente com as pautas levantadas pelos feminismos”, explica Geovane Neves, coordenador geral e administrativo.

A Associação da Cultura Hip Hop de Esteio faz a gestão da Casa da Cultura Hip Hop da cidade, a primeira instituição do gênero no Rio Grande do Sul. O espaço é um sonho antigo do grupo Rafuagi, referência do rap no Estado dos anos 2000, e que integra a Associação.  No local, ocorrem oficinas  de mixagem – para formar futuros DJs –, técnicas de rima e composição de letras de rap e tudo mais que envolva as atividades de um MC, grafitagem e dança breaking. Ainda são realizadas diversos eventos culturais no espaço.

De acordo com a presidenta do Conselho Diretor da THEMIS, Andréa Nocchi, o acordo representa uma forma da THEMIS renovar suas parcerias e suas formas de atuação. “A THEMIS tem muito a aprender com a Associação que já nasce com uma força imensa e vem fazendo uma diferença enorme na comunidade aonde está inserida. As duas instituições podem contribuir muito entre si nas questões de debate sobre raça  e gênero. O acordo prevê tanto projetos que envolvem uma possibilidade de parceria financeira para o desenvolvimento de  atividades mais duradouras, mas também projetos de parceria no dia a dia das instituições”, completa.

LAUDELINA – O primeiro projeto em conjunto das duas organizações será uma oficina voltada para trabalhadoras domésticas. O evento ocorre na sede da Casa da Cultura Hip Hop (rua José Guimarães, 203 – Esteio), neste sábado (23), das 14h às 16h. Na atividade, serão abordados os direitos trabalhistas da categoria e também  divulgado o aplicativo Laudelina. O app foi criado pela THEMIS em parceria com a Fenatrad – Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas, e inclui um manual sobre os direitos das trabalhadoras domésticas; calculadoras de salário, benefícios e rescisão contratual; lista de instituições de proteção de diferentes cidades do Brasil; e rede de contatos de trabalhadoras de uma mesma região.

Para saber mais acesse o link.


Veja outras notícias

.