ONG feminista há 20 anos na defesa dos direitos das mulheres

PF abre inquérito contra faxineira por furto de bombom da mesa de delegado

IMAGEM

Uma faxineira de 32 anos foi detida pela Polícia Federal de Roraima acusada do furto qualificado de um chocolate que estava na mesa do delegado-corregedor Agostinho Cascardo. Ela retirou o bombom de uma caixa e comeu. Após sentir a falta do produto, o delegado analisou as câmeras de segurança da sala e a fez pegar a embalagem do chocolate na lata do lixo, para servir como “prova do crime”.

A acusada trabalhava para uma empresa terceirizada que presta serviço à Polícia Federal e foi demitida por justa causa por “quebra de confiança”. O caso aconteceu na quinta-feira, mas só foi divulgado nesta terça, ganhando de imediato repercussão em redes sociais. Os internautas de Roraima iniciaram uma campanha para arrecadar chocolates e doar ao delegado. A campanha ficou conhecida como Operação Sonho de Valsa.

Fonte: Zero hora


Veja outras notícias