ONG feminista há 20 anos na defesa dos direitos das mulheres

#IstoÉMachismo: Feministas, coletivos e jornalistas repudiam reportagem de capa da revista IstoÉ

twitte istoe

A edição desta semana da revista IstoÉ vem sendo repudiada com veemência nas redes sociais. Em sua reportagem de capa, intitulada As Explosões Nervosas da Presidente, a publicação retrata a presidente Dilma Rousseff como uma autoridade desequilibrada e sem condições emocionais de comandar o país no atual período de crise do governo.”A mandatária está irascível, fora de si e mais agressiva do que nunca”, afirma um dos trechos da reportagem. “A medicação nem sempre apresenta eficácia, como é possível notar”, conclui em outro.

No perfil da revista no Facebook, leitores fizeram inúmeras críticas. Um dos comentários com mais curtidas faz a seguinte reflexão:

“(…) Se o presidente fosse homem nas mesmas situações da Dilma, haveria uma matéria como essa? Esse negócio de chamar mulher de louca tá batido já (…) Quantos presidentes, governadores ou executivos gritam, xingam e falam palavrão e ninguém os chamam de loucos, agora porque a presidente é mulher é louca e desequilibrada. Você já assistiu às sessões da câmara dos deputados? Pior circo que aquele não tem.”

capa istoe
Jornalistas, coletivos e grupos feministas criticam a edição por ela reforçar esteriótipos machistas nos quais mulheres são descontroladas emocionalmente e, por isso, inadequadas ao exercício do poder político. Em reposta, lançaram nas redes sociais a hashtag #IstoÉMachismo.

Fonte: HuffPost Brasil


Veja outras notícias